quarta-feira, 12 de março de 2014

brilham meu olhos...



brilham meu olhos pelos olhos teus
em cada manhã, em cada fim de tarde,
em cada sonho, mesmo que acordado...
ao ver o brilho dos teus olhos nos meus,
oh amor, impossível não ser verdade
cada frase, cada gesto apaixonado.

riem meus olhos, meus lábios sagrados,
minha nudez, ansiando a tua...
repara, também se despiu a lua
vagueando por entre os namorados.
oh, como se masturba e geme.
triste, só, a lua é como um barco sem leme...


1 comentário:

  1. Um pouco diferente do que vc costuma fazer, mas lindo como sempre.
    Bjs,
    Renata

    ResponderEliminar